Genômica nutricional: A dieta personalizada do momento

A interação entre os genes e a absorção de nutrientes é determinante para a saúde e bem-estar.

A atuação da genética tem avançado velozmente quando o assunto é a busca por uma melhor qualidade de vida e prevenção de doenças. Não só devido ao desenvolvimento de ferramentas de diagnóstico que impulsionam a medicina genômica personalizada, mas também pela possibilidade de percepção de cada indivíduo como um ser único.

Inseridas nessa realidade, é cada vez maior o número de pessoas que buscam personalizar o seu estilo de vida a fim de desenvolver hábitos saudáveis e até mesmo prevenir doenças que podem se tornar crônicas na idade adulta, como obesidade, diabetes e hipertensão. Entre os diversos fatores que podem influenciar esse processo está a alimentação.

Está claro que as nossas escolhas à mesa refletem nos mecanismos moleculares e fisiológicos do nosso organismo. O que pode ser bom na dieta de uma pessoa não é necessariamente bom para outra. Com base na composição genética, as pessoas podem se beneficiar mais ou menos de certas vitaminas ou minerais, como ácido fólico, ferro e vitamina D, que são elementos fundamentais de vias metabólicas essenciais a homeostase fisiológica.

Nesse universo atual, a nutrigenética possibilita o estudo da relação entre os genes e os alimentos, ou seja, o conhecimento da predisposição genética do indivíduo à sua alimentação. Esse ramo da genética tem o objetivo de auxiliar no entendimento da resposta metabólica dos alimentos ingeridos na dieta de cada pessoa e, portanto, o possível efeito que eles desempenham para o organismo. A composição genética única reflete em necessidades nutricionais individuais. Sendo assim, ajustar a dieta em função do perfil genético é um importante aliado para a manutenção da saúde, podendo até mesmo evitar alterações que causam mal-estar e desenvolvimento de doenças.

Para obter uma dieta personalizada é necessário conhecer os fatores genéticos que regulam as diversas vias de metabolização por meio dos diferentes elementos nutricionais. Conhecendo essas necessidades, é possível elaborar uma dieta personalizada que permita um aporte de nutrientes necessários para cada indivíduo e desta forma obter um estado de saúde apropriado em função da sua genética.

Caminhando ao lado do movimento explorador do perfil genético nutricional, a SYNLAB desenvolveu duas plataformas de análises nutrigenéticas. O teste Nutrihealth é uma análise completa que inclui a análise simultânea de 123 variantes genéticas (Single Nucleotide Polymorphism – SNP) localizados em 95 genes. Essas variantes são marcadores genéticos, com evidência científica comprovada, os quais estão relacionados com a nutrição, esporte, vícios (álcool e tabagismo), metabolismo, detoxificação e o envelhecimento.  Os resultados apresentados na forma de relatório ilustrado, rico em informações e diretrizes, permite não só a elaboração de um plano nutricional direcionado, mas de um plano de saúde completo e personalizado que inclui também parâmetros relacionados com atividades esportivas.

Uma segunda vertente de análise, o teste Wellness Check objetiva avaliar a predisposição genética dos indivíduos quanto a regulação do metabolismo e outros processos relacionados à nutrição. O teste analisa as variantes genéticas de 24 genes que atuam em diferentes vias metabólicas: estresse oxidativo, inflamação, intolerâncias metabólicas (glúten e lactose), detoxificação, sensibilidade ao sal, metabolismo da homocisteína e níveis de colesterol. O resultado obtido permite a elaboração de um perfil genético e recomendações personalizadas, tanto no âmbito da nutrição, quanto em outros fatores de estilo de vida.

Sobre o Grupo SYNLAB
O Grupo SYNLAB é líder na prestação de serviços de diagnóstico médico na Europa, disponibilizando uma gama completa de serviços de análise clínica laboratorial a pacientes, profissionais de saúde, clínicas e indústria farmacêutica. Proveniente da união da Labco com a synlab, o novo Grupo SYNLAB é o indiscutível líder europeu em serviços de laboratório médico.

Referências Bibliográficas

  1. https://www.nutrigeneticresearch.org/ <acessado em 06 de maio de 2019>
  2. Corella D1, Barragán R, Ordovás JM, Coltell Ó. Nutrigenetics, nutrigenomics and Mediterranean diet: a new vision for gastronomy. Nutr Hosp. 2018 Jun 12;35(Spec No4):19-27. doi: 10.20960/nh.2120.
  3. https://www.nutrigenetics.net/ <acessado em 05 de maio de 2019>
  4. Carsten Carlberg. Nutrigenomics of Vitamin D. 2019 Mar; 11(3): 676.

Assine a nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades sobre nossos exames